SDG

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

SENHOR, AJUDE-ME A CARREGAR A CRUZ...

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva. 

"Dizia a todos: Se alguém quer vir após Mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me."  Lucas 9:23. 

Carregar a cruz não é fácil... Ela é pesada, fere, machuca os ombros... Tem hora que dá vontade de desistir e deixá-la ao chão. Principalmente quando a parte mais pesada da nossa cruz são pessoas, que amamos, mas que muitas vezes são por demais incompreensivas, teimosas, irritantes. O desrespeito, a falta de senso, de amor, as palavras ditas sem refletir... Tem gente que brinca com coisa séria, não se pode esquecer que Deus ensinou acerca da família, da igreja, da autoridade. E geralmente nessa hora de pressão, onde somos afrontados, e as coisas fogem ao nosso controle, que os nervos afloram, o "sangue sobe" e por vezes podemos até responder à pressão, nos descontrolando. Mas aí também, nessa hora somos desafiados a seguir Jesus.

Então clamamos: "Oh Senhor Jesus, ajuda-me a suportar o fardo, ajuda-me a carregar a cruz, pois cruz incomparavelmente mais pesada Tu carregaste por mim, a cruz dos MEUS pecados."

Então como poderiamos nos esquecer dEle que tudo suportou para nos abençoar e ajudar a carregar a cruz? Não podemos negociar com algo de tamanha magnitude! Deixar a cruz teria seríssimas consequências, desastrosos desdobramentos onde não somente nós, mas também vários outros seriam prejudicados. Como disse um amigo meu, quando uma aroeira cai na mata, ela derruba, arrasta consigo tantas outras árvores menores, que a ela estão ligadas pelos galhos e cipós.

Mas o que mais nos motiva a carregar a nossa cruz, não pode ser o amor aos nossos queridos, nem o amor a nós mesmos, mas acima de qualquer outro motivo, propósito ou razão, deve ser o amor a Cristo. No texto bíblico, o pressuposto para carregarmos a nossa cruz é querer ir após Cristo, ou seja, segui-Lo de fato e de verdade.

Então é preciso ter muita sabedoria para lidar com as tensões... Respire fundo, conte até dez, ore bastante, se necessário for, isole-se momentaneamente de tudo e de todos, concentrando-se nEle, em sua Palavra, que é verdadeira fonte de poder e forças, como um manacial onde podemos saciar nossa sede e descansar. E em seguida, precisamos encarar de frente o problema, com boa comunicação, diálogo e auto-controle, tentando de todas as maneiras encontrar uma solução para todos os dilemas.

Aqueles que são investidos de autoridade devem exercê-la EM AMOR e respeito. "Chutar ao balde" só trará consequências ruins... Melhor é ter forças para demonstrar a paciência, e quando isso não funcionar perfeitamente, vale a pena a retratação, que jamais é demonstração de fraqueza, mas de força, significa que você se refez e está retornando ao princípio bíblico da autoridade com humildade, do poder com amor.

A bem da verdade nós também somos uma cruz para muitas pessoas. Esse é o ciclo, são os elos da grande corrente. Talvez sejamos mais pesados do que pensamos... 

Que Deus ajude cada um de nós a carregar a sua cruz, e ser o mais leve possível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIQUE A VONTADE, DEIXE SEUS COMENTÁRIOS!!!

Obs: comentários serão bem-vindos se forem educados e não usarem termos ofensivos. Podemos discordar, mas vamos procurar manter o nível da educação e do respeito. Obs.: ao comentar identifique-se, pois não publicamos comentários anônimos.

Best regards in Christ, God bless you!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Plano de leitura bíblica em um ano da Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura bíblica em um ano da Sociedade Bíblica do Brasil

Blogs interessantes

"Os céus proclamam a glória de Deus..." SL 19:1 - imagens do satélite espacial Hubble - NASA / USA

Loading...